A Importância de Hamburgo

Assistindo a este vídeo de uma entrevista de Brian feita em 1963, fiquei pensando:
E se eles não tivessem ido para Hamburgo, na Alemanha, como teria sido?

Será que este fato influenciou na carreira deles, e teria sido o que trouxe para os Beatles novas oportunidades?

The beatles no palco do The Top Ten Club em Hamburgo - 1961

The beatles no palco do The Top Ten Club em Hamburgo – 1961

É certo que “ralar” em Hamburgo, foi importantíssimo para os Beatles. Tocar na noite ensina os macetes e todas as saídas para as dificuldades, ainda mais quando se começa com equipamento ruim e sem a tecnologia de hoje. Eles aprenderam em Hamburgo um posicionamento de palco que compensava o som não tão bom e que veio a ajudar depois no estilo diferenciado da banda para a época. Algo que era ao mesmo tempo alegre, irreverente, disciplinado, planejado.

Stuart Sutcliffe, que faleceu em abril de 1962, o baixista dos Beatles no início de carreira e que atuou em Hamburgo, deu alguns toques, já que sua namorada Astrid Kirchherr trabalhava com atividades de designer e fotografia, e assim dava palpites na estética dos Beatles. Foi ela quem sugeriu o corte de cabelo (penteado) que depois ficou consagrado como marca registrada dos Beatles durante um certo tempo, e que outras bandas vieram a adotar.
Se mais tarde conseguimos ouvir a banda completamente harmonizada em vocais e afinação, mesmo se apresentando ou gravando ao vivo, isto é resultante do aprendizado de Hamburgo.

Claro, não podemos deixar de somar a isso o visual “clean” no vestir, trazido por Brian Epstein, assim como a disponibilização tecnológica que ia chegando aos poucos, mais as “viagens” que em algum momento os Beatles experimentaram mas que em tempo certo saíram delas, e tudo isso complementa o produto final.

Sem Hamburgo talvez Brian Epstein não tivesse se interessado pelos Beatles do Cavern (ele confessa que foi a batida, o beat, que o cativou).

John Lennon disse: “Eu cresci em Liverpool, mas foi em Hamburgo que me tornei adulto”.

Desde 29 de maio de 2009 os fãs dos Beatles e apreciadores de sua música têm a chance de visitar em Hamburgo a mostra “Beatlemania”, um evento que conta com muitos detalhes o especial capítulo da passagem do quarteto pela Alemanha no início dos anos 1960.
Uma época remota em que o grupo tinha como integrantes além de John, Paul e George, dois outros músicos, o baixista Stuart Sutcliffe (que morreu em Hamburgo em abril de 1962) e o baterista Pete Best, que viria a ser substituído, ainda em Hamburgo, por Ringo Starr. Sediada no ex-Hamburger Erotic Art Museum, um moderno prédio de cinco andares que foi alugado pela firma FKP de Folkert Koopmans, a exposição reúne diversas raridades e artigos da memorablia do grupo, num local que fica a poucos metros da Praça dos Beatles, bem no centro da Reeperbahn, a zona de meretrício de Hamburgo. Um submarino amarelo inflável de dez metros sinaliza, à entrada do edifício, onde começa a viagem musical no tempo.

O big-bang dos besouros!

Os visitantes de “Beatlemania” vão se deparar com peças de inestimável valor, como o primeiro contrato assinado pelo grupo para a gravação de um disco. O acordo foi firmado com o músico e produtor alemão Bert Kaempfert. Cartões postais enviados pelos músicos e fotos até então inéditas dos Beatles também fazem parte da mostra, assim como produtos que vieram a ser lançados posteriormente, quando a banda já gozava de fama internacional. Algumas das casas noturnas de Hamburgo em que os Beatles tocaram tiveram suas fachadas reconstruídas dentro do novo museu, dentre elas as do Top Ten, Kaiserkeller e o cabaré Indra.

Lugares nos quais os músicos chegaram a tocar por mais de dez horas seguidas, quase que diariamente, durante dois anos, para ganhar cada um um cachê semanal de 35 marcos. Quem gosta de cantar pode gravar sua interpretação de uma música dos Beatles num estúdio de karaokê e levá-la para casa, ou quem sabe colocar seu rosto no painel que reproduz a capa do disco Sargent Pepper’s Lonely Hearts Club Band, clássico de 1967 da discografia “flower power”. Nela aparecem diversas personalidades ao lado dos Beatles, dentre elas Bob Dylan, Albert Einstein, Karl Marx e Marlene Dietrich. Já as crianças podem entrar em um submarino e apreciar quadros originais do desenho animado Submarino Amarelo, de George Dunning, levado às telas de cinema em 1968.

Maior fenômeno da música pop.

Num dos 12 espaços temáticos espalhados pelos 1.300 metros quadrados ocupados pela mostra está uma sala multimídia em que os visitantes podem experimentar a sensação que era assistir aos Beatles no auge da carreira. Antes de as cortinas do “cinema” se abrirem, uma voz em off anuncia a entrada da banda no palco. Projetores começam a lançar nas paredes da sala imagens da plateia histérica que estava no concerto no Shea Stadium (1965/66), em Nova York, um impressionante concerto que atraiu 50 mil espectadores. “Beatlemania” custou à iniciativa privada cerca de dois milhões de euros.

Visitando Hamburgo

Recentemente tive dois amigos que visitaram Hamburgo. Eles fizeram algumas fotos bem legais, as quais vou compartilhar abaixo.

Fotos de Debora Dumphreys visitando Hamburgo

A “bagagem” dos Beatles

Dados de John Lennon

Curriculum Vitae do “leader do grupo”

O Curriculum de Paul McCartney

O Curriculum de George Harrison

O Curriculum de Pete Best

Debora em frente ao Kaiserkeller

Debora em frente ao Indra Club

Video com Astrid Kirchherr falando sobre suas famosas fotos dos Beatles na época em que estavam em Hamburgo.

Fotos de Samuel Dutra Visitando Hamburgo

Uma visão panorâmica da famosa rua que ainda preserva o clima de bebedeira, luxúria e agitação da época.

Comenta-se em Hamburgo, presunçosamente, que o fenômeno Beatles deu-se graças ao fato de terem tocado diversas vezes em Hamburgo. Estas silhuetas são de metal. Efeitos especias como este, que dão forma às guitarras e bateria, são produzidos por focos de luzes de lâmpadas instaladas no chão.

Estas silhuetas são de metal. Efeitos especias como este, que dão forma às guitarras e bateria,são produzidos por focos de luzes de lâmpadas instaladas no chão

Em agosto de 1960, os Beatles subiram ao palco do INDRA.

Essas silhuetas ficam no início da rua Grosse Freiheit onde os Beatles tocavam no INDRA (fica no final da rua) e no STAR CLUB (este fica mais ou menos no meio da rua).

Foto dos Beatles estampada na parede da frente do INDRA, ao lado da porta de entrada do mesmo, além das grades que fecham a entrada.

Visão panorâmica do final da famosa rua a partir do Indra Club

Silhueta do Stu com o baixo voltado para baixo, característica copiada de uma foto dele junto com os Beatles.

As silhuetas

Uma visão da fachada do INDRA de baixo para cima.

…The group had finally settled on “The Beatles” just before their first trip to Hamburg in August, 1960. Now John, Paul, George, Stuart and Pete would head off for Hamburg.

… O grupo tinha finalmente estabelecido o nome “The Beatles”, pouco antes de sua primeira viagem a Hamburgo em Agosto de 1960.

Pesquisa: We Love the Beatles Forever

E assim como os meus dois amigos acima, este final de semana que passou, dias 23 e 24 de janeiro de 2016, eu também tive a oportunidade de visitar Hamburgo e como não poderia deixar de ser, fiz vários registros…

ÁLBUM DE FOTOS

https://www.facebook.com/media/set/?set=a.10208151914057422.1073741903.1288187940&type=1&l=20ef71ee6d

.
VÍDEOS

1

2

3

4

4 respostas em “A Importância de Hamburgo

  1. Que legal Lucinha, a publicação destas fotos! Não há como não se emocionar, próximo e diante do que, historicamente, junto com o Cavern Club, representa o verdadeiro berço da Beatlemania.

  2. Pingback: The Beatles, The Beat Brothers & Tony Sheridan | WE LOVE THE BEATLES FOREVER

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s