Algumas Canções Raras de Leno e suas mensagens “subliminares”!

https://www.facebook.com/pages/Vida-e-Obra-de-Johnny-McCartney/414377658626986

Canções como Jovem Guarda, Imagens, Mudanças, Boas Vibrações, Encontro no Tempo e Esquinas Nacionais, todas compostas por Leno, são raridades e não são ainda muito divulgadas e conhecidas, embora contenham mensagens lindas de amor, amizade e “boas vibrações”!

Algumas das fotos inseridas aqui são do encarte de uma coletânea lançada pelo selo independente de Leno, o Natal Records. Trata-se de um CD organizado e produzido pelo próprio Leno.

A canção “Jovem Guarda”, por exemplo, tem uma das letras mais significativas para quem viveu naqueles velhos tempos, belos dias em que nas tardes de domingo esperávamos ansiosamente pelo início do programa comandado por Roberto Carlos.

Sua letra foi alterada por ocasião da festa de gravação do DVD “Jovem Guarda Para Sempre”. A letra original está no LP de 1976 e também na coleção de CDs da Jovem Guarda lançada por Marcelo Fróes em 1999, entre eles o “Meu nome é Gileno”.

Jovem Guarda – Letra Original e áudio

Volto aqui se não se importa
Por favor, não feche a porta
Depois assim, de tanto tempo, sem me ver
Agora eu não sei se a sua vida
está igual ou dividida
Eu só sei que o medo nos seus olhos fez você mudar
Será que acordou daquele sonho
daquele velho sonho
Talvez não se ache mais tão nova pra sonhar
Não fuja do seu próprio encontro
Vem comigo agora e pronto
Que o vento sopra
o sol desponta
E acho que eu já vou

Cante pra não chorar
Cante se já chorou
Se você foi Jovem Guarda
Guarda o que passou

Os amigos que marcaram
Os amantes que te amaram
E as promessas que afinal ninguém cumpriu
Toda aquela inconseqüência
transformou-se numa ausência
E o que hoje resta da sua festa
Se perdeu, sumiu!
Mas cante pra não chorar
Cante se já chorou
Se você foi jovem guarda
Guarda o que passou

Se ainda espera ser amada
Vem que aqui não tem mais nada
Olha o vento sopra
O sol desponta
Onde a gente for…

Letra II (modificada)

JOVEM GUARDA (Letra e vídeo)

Volto aqui se não se importa
Por favor não feche a porta
Depois assim de tanto tempo sem lhe ver
Agora eu não sei se a sua vida
Está igual ou dividida
Eu só sei que algo em seu olhar fez você mudar Será que ainda sonha aquele sonho
Aquele velho sonho
No espírito pra sempre jovem pra sonhar

Não fuja do seu próprio encontro
Vem comigo agora e pronto
Porque o vento sopra, o sol desponta
E acho que eu já vou.

Cante a canção de amor, cante o que já cantou
Quando a gente é jovem guarda
Guarda o que sonhou
Cante a canção de amor, cante o que já cantou
Quando a gente é jovem guarda
Guarda o que ficou

Os amigos que marcaram
Os amantes que se amaram
E a eterna melodia que tocou
Toda aquela transparência
Nunca virou uma ausência
Pois lá no fundo do coração nossa canção ficou

Cante a canção de amor, cante o que já cantou
Quando a gente é jovem guarda
Guarda o que sonhou
Cante a canção de amor, cante o que já cantou
Quando a gente é jovem guarda
Guarda o que ficou

Vou te fazer sentir amada
Vem comigo nessa estrada
Porque o vento sopra, o sol desponta
Aonde a gente for, aonde a gente for…

O CD “O melhor de Leno”, lançado no início do século XXI pelo selo Natal Records, com  registro NRCD 008, contém canções que abrangem um período existencialista do cantor, que são obras lançadas de 1974 a1988.Este CD contem raridades, como as canções “Mudanças”, “Imagens”, “Boas Vibraçoes”, Encontros no Tempo”, “Esquinas Nacionais”, entre outras.

Mudanças – Letra e Áudio

Nesta canção Leno fala de sua mudança de vida, pois estava indo morar fora do Brasil, como ele mesmo me conta aqui:

Oi Lucinha , foi mesmo uma época de mudanças...

Leno Azevedo 21 de novembro de 2012 00:46
“Oi Lucinha , foi mesmo uma época de mudanças pra mim , que me levou a morar um tempo fora do Brasil…Musicalmente, era eu” brincando de James Taylor ” que adoro!”

Quando as dúvidas parecem não crescer
Não deixe as neuroses virem ser
Siga em frente sem parar
Não deixe como está
E as coisas vão mudando até você
Há um momento em que nem tudo é claro e são
Mas tem gente que vê na escuridão
Que antes de um salto fatal
Sente um medo natural
Mas durante o salto nada importa não
Renascer
Renascer!
De um próprio parto às vezes, renascer
Resonhar
Resonhar!
Um sonho que jamais sonhou viver
Não deixe as neuroses virem ser
Siga em frente sem parar
Não deixe como está
Que as coisas vão chegando
Tudo vai se transformando
E as coisas vão mudando pra você

Imagens – Letra e Áudio

“Imagens” foi uma composição de Leno para a esposa que ele perdeu tragicamente em um acidente de carro, em 1982.

Neste áudio podemos ouvir os Golden Boys e Leno ao vivo, em um especial exibido pela TV Cultura, tempos atrás.

A Letra

“Boas Vibrações” e “Encontro no Tempo” foram compostas durante o tempo em que Leno viveu em Los Angeles, nos Estados Unidos.

Boas vibrações, por exemplo, é inspirada em uma usual saudação desejando “boas energias”. Na gravação Leno faz uso do “falsete”, dando mais brilho à interpretação.

Boas Vibrações – Letra e áudio

É bom sentir sua presença,
Ouvir a voz no seu olhar
Que sempre faz nascer
as boas vibrações
No ar, no ar
A claridade dos desejos
Em qualquer coisa que fizer
Nesse seu jeito de ser mulher
Eu tenho sido refém da minha ilusão
Mas se quiser você pode até me resgatar
da velha solidão
O seu amor na consciência
Suas razões no coração
Podem afastar a dor que existe em mim
Depois então
A claridade dos desejos
Em qualquer coisa que fizer
Nesse seu jeito de ser mulher
É bom sentir sua presença
Ouvir a voz no seu olhar
Com tão boas vibrações no ar

“Encontros no Tempo”, também composta no período em que morou em Los Angeles, tem a ver com o sucesso solo de Lilian nos anos 80, com a música “Sou Rebelde”, época em que ela fez uma declaração a uma Revista dizendo que ainda gostaria de gravar uma música com Leno, pois muito além do sucesso da dupla, curtia mesmo era cantar com ele.

Leno compôs estas duas canções e gravou a base em Los Angeles; voltando ao Brasil, convidou Lilian para participar do seu LP “Encontros no Tempo”.

Leno fala sobre a última vez que esteve com Lilian:

Oi Ana Paula , foi no show em homenagem ao...

Leno Azevedo 21 de novembro de 2012 00:43
“Foi no show em homenagem ao Getulio Côrtes no Asa Branca , Lapa , RJ , em 2005 .Creio não termos nos encontrado depois. Demos uma canja e foi nossa ” last performance together” !

LP ENCONTROS NO TEMPO
Direção de produção e estúdio: Leno
Arranjos: leno
Técnicos de gravação: Leão, Ederaldo, Roger Harris [los angeles] assistentes de gravação: Gilberto, Peninha e Pedro
Mixagem: Rafael, Loureiro e Leno [Estúdio Transamérica] assistentes de mixagem: Billie e Iaci
Montagem: Manoel Magalhães
Gravado nos estúdios: Hawai e Transamérica
Capa: Departamento de Arte CBS
Fotos: Frederico Mendes
Layout: Iaci Miranda

Participaram deste Projeto: renato barros, cláudio condé, robertinho de recife, sérgio dias, lilian knapp, zé renato, jane duboc, geraldo azevedo, jackson do pandeiro, denny cordell, laudir de oliveira, antonio adolfo, paulo césar barros, marquinhos ribeiro, flor de cactus, frederico mendes, sérgio lopes e a todos que com seu apoio e carinho colaboraram no resultado final deste trabalho.

Encontros no Tempo – Letra e Áudio

Encontros no Tempo
Com gente do peito
Gente que de alguma forma se transou
Gente que se foi no meio da tempestade forte
Que caiu em toda parte
Muita gente pela noite
Pelas mesas desses bares
Pelas praças e teatros
Pelos palcos da cidade
Todos tomaram rumos
Muitos perderam o medo
Mas foi descoberto cedo
Eu o tempo não esperaria ninguém
Encontros no tempo
Na volta do ciclo
Tudo que de alguma forma
Se encontrou
Tudo que se amou
Se faz multidão em minha mente
Quando lembro tanta gente
Muita gente pela noite
Pelas mesas desses bares
Pelas praças e teatros
Pelos palcos da cidade
Todos tomaram rumos
Muitos perderam o medo
Mas foi descoberto cedo
Que o tempo não esperaria ninguém
Encontros no tempo
Amigos contrastes
Entre aquilo que se foi ou que se é ou poderá ser
Os olhos da antiga namorada
Ou do velho camarada
Muita gente pela noite
Pelas mesas desses bares
Pelas praças e teatros
Pelos palcos da cidade
Todos tomaram rumos
Muitos perderam o medo
Mas foi descoberto cedo
Que o tempo não esperaria ninguém
Todos tomaram rumos
Muitos perderam cedo
E foi descoberto o medo
Que o tempo não esperaria ninguém

“Esquinas Nacionais” é outra raridade, e foi gravada inicialmente pela cantora Amelinha.

Esquinas Nacionais – Letra e Áudio

Os milhares de guerrilheiros mentais
Que sofreram ou piraram nessas décadas fatais
Transformaram-se em faíscas
Iluminando a vereda nas longas noites do tempo
Nas esquinas nacionais
Os milhares de guerrilheiros vocais
Que na mansidão do canto
Nas calçadas e quintais
Bloquearam avanço trágico
Das forças da reação
Localizaram pra sempre
Bem dentro em meu coração
Os milhares de guerrilheiros artísticos
Que na criação introspecta
Contrabalançaram a dor
Não faz muito tempo ainda
Não sentiam esperança
E buscavam mais beleza
Em cada canção de amor
Nos milhares de guerrilheiros poetas
Censurados e queimados
Em Fahrenheit 101
Por todas cartas da Flávia
Por nada que foi em vão
Trazendo e trarão na mente
Memórias da escuridão
Os milhares de guerrilheiros mentais
Que sofreram ou piraram
nestas décadas fatais
Transformaram-se em faíscas
Iluminando a vereda
Nas longas noites do tempo
Nas esquinas nacionais
Nas longas noites do tempo
Nas esquinas nacionais

Anúncios

5 respostas em “Algumas Canções Raras de Leno e suas mensagens “subliminares”!

  1. Muito bom Leno é um poeta e um cantor de voz maravilhosa, foi muito bom saber dessa declaração de Lilian sobre cantar com ele e a resposta através das músicas que ele deu,beleza!
    Nésio Barros

  2. Gostaria de encontrar a letra de uma música de Leno (creio que do final dos anos 1970), em que diz: “É tão bom voltar pra casa em dezembro/ é tão bom saber que o tempo nada fez/ nas paisagens lindas coisas eu me lembro/ é tão bom estar em Natal mais uma vez…” . A música fala em lotação (ônibus), no cinema Rio Grande, etc.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s