“Let`s Meet the Beatles” – A 1964 Beatles Interview

Nesta entrevista em vídeo de 1964, a apresentadora anuncia “Let`s meet the Beatles”, e informa que enquanto ela vai entrevistar Paul e John, o colega dela estaria com George e Ringo.
Ela diz que houve muitas mudanças para eles do ultimo ano pra cá e pergunta o que essas mudanças significaram pra eles;

(Reação de John e Paul: hãm… hãm… hãm… hãm)

Aí então Paul diz que a principal mudança foi na atitude das pessoas com relação a eles, e que são as pessoas que mudaram e não eles, e que eles se sentem os mesmos… e então faz uma piadinha dizendo que o terno deles é novo…
A entrevistadora então pergunta: mas vocês fizeram filmes e tal, por que fizeram?
Nesse momento é John que responde e diz que é um passo que tinha que ser dado, e os filmes são lucrativos e tal… e Paul acrescenta que o nome do filme é A Hard Day`s Night e que estaria em breve nos cinemas.

Aos 1’39”: A cena muda para o outro entrevistador que está com George e Ringo.
Ele pergunta para os outros dois como eles lidam com pessoas que são grosseiras com eles, o que ficou diferente de antes da fama e agora, e se eles não se sentem incomodados com isso.
George diz que já não se incomodavam antes, e agora continuam não se incomodando com tais pessoas.
Ele pergunta da vida de famosos e George diz que eles têm mais dinheiro agora mas menos tempo para eles mesmos. Depois que o entrevistador pergunta o que eles gostariam de fazer se tivessem tempo, os dois começam a enumerar uma lista de coisas, como dormir, ver filmes, ir ao cinema, night clubs, dirigir meu carro (diz George), assistir TV, etc.
George e Ringo falam mais um pouco e dizem que permanecem os mesmos…

A cena volta para a entrevistadora que diz, “vocês escrevem lindas canções”, eles agradecem e ela pergunta para Paul e John como eles escrevem as musicas; John responde com uma piadinha citando o piano, dizendo que depende…

Conversam… Paul fala na canção “I lost my little girl”…

A entrevistadora faz um gesto com as mãos e John e Paul a imitam, de imediato, mostrando todo o senso de humor que tinham naquela época…

lets meet the beatles

A moça pergunta se a atitude deles com os fãs mudou e eles dizem que não. Ela insiste questionando o fato de elas gritarem muito e tal, mas Paul diz que a atmosfera dentro do teatro é ótima e que eles gostam que as fãs gritem.

Conversam e falam sobre relacionamentos e pessoas e tem uma hora que alguém pergunta (neste momento no vídeo a imagem está congelada mostrando John e Paul, aos 5’35”): “Who was the most interesting person you’ve ever met?” Qual foi a pessoa mais interessante que você já conheceu?
E John responde: “John Lennon”!

(seguem-se risos)

Resumindo: Neste “encontro com os Beatles” os dois apresentadores perguntam para os quatro o que mudou para eles e com eles, de um ano para cá (era 1964) com relação aos fãs e às atitudes deles, enfim, tudo que mudou depois que eles ficaram famosos e como eles se sentem em relação a tudo isso que estava acontecendo pra eles…

Eis o vídeo:

Ou veja no Youtube:

Nesta época, em janeiro de 1964, para promover o album “Meet The Beatles” e a primeira visita dos Beatles à América, que estava próxima, a Capitol Records conduziu esta entrevista com os Beatles, transcrita abaixo no original em inglês.

Alguns discos da entrevista gravada foram enviados às estações de rádio americanas com o propósito de promovê-los através dos Disc Jockeys nas emissoras de rádio.

Meet the Beatles album (1)

As entrevistas foram criadas e uma vez gravadas, as perguntas eram editadas de forma que os disc jockeys pudessem ler as questões no script enquanto eram tocadas, para parecer como se eles estivessem pessoalmente conduzindo a entrevista.
Este disco promocional também continha 3 faixas do álbum “Meet the Beatles”: This Boy, It Won`t Be Long, e I Want To Hold Your Hand.

Question: “How did you ever decide on a name like The Beatles for the group?”

JOHN: “Well, I had a vision when I was twelve. And I saw a man on a flaming pie, and he said, ‘You are Beatles with an A.’ And we are.”

(laughter)

JOHN: “That’s how it started, anyway.”

Q: “How did it all start for you, Paul?”

PAUL: “We made our first record at the beginning of 1963 and we had a hit with that. But I think, uhh, the whole bit really started when we did a Palladium show. And then later we were asked to do the Royal Variety Command Performance, you know, and we met the Queen Mother– and she started clapping.” (laughs)
JOHN: “And Princess Margaret, too.”

Meet the Beatles album (2)

PAUL: “Yeah, and Princess Margaret.”

Q: “Do you know how many records you’ve sold up to the present time?”

RINGO: “Uhh, well… The last count was, umm, six million, I think.

JOHN: (jokingly) “That’s just Ringo’s records.”

PAUL: (laughs)

RINGO: “Well, the others’ are on sale.”

(laughter)

Q: “Have you heard that your records are getting into the Pop charts in countries all over the world?”

GEORGE: “Yes. Well, we’ve heard that our latest record ‘I Want To Hold Your Hand’ came into the Australian Top Twenty right at Number One, which is very nice. And I think it’s selling in Finland and Sweden and other places like that, too.”

RINGO: “Also, Ireland.”

JOHN: “Israel, I believe.”

PAUL: (to John) “Oh yeah!”

GEORGE: “Israel, to mention but a few.”

PAUL: “I’m glad they like us.”

Q: “Bet you never thought you’d get that kind of world-wide acceptance.”

GEORGE: (jokingly) “Well, that’s a nice thing to say, isn’t it.”

(laughter)

RINGO: “We’re very lucky.”

Q: “There’s a rumor that you fellas wear wigs.”

PAUL: “No, it’s a dirty rumor. We don’t.”

JOHN: “No, we cut it ourselves.”

(laughter)

Q: “What influenced you fellas to let your hair grow so long?”

PAUL: “I think it was my dad, really. He said, ‘You know, Paul, it’s a bit square,’ the haircut I had– you know, short back and sides. He said, ‘Why don’t you get a Beatle Cut, son.'”

(laughter)

Q: “Was there ever a time when you felt you were in danger of being mauled by exuberant fans?”

PAUL: “Well they get exuberant, you know, but we’re uhh– We enjoy it. We don’t come to any harm, ‘cuz the policemen are equally as exuberant. The police have a great time.”

(laughter)

Q: “Where’d you get those snappy jackets?”

RINGO: “I don’t know. We were just walking ‘round town and looked in a shop window. And we liked it so went and just bought a jacket each, and decided to get suits made for the stage. That’s how it started, you know, and we’ve worn them ever since.”

Q: “Well, you know you started a new trend among your fans.”

JOHN: “Yeah, quite alot of ‘em are wearing it. Quite alot of ‘em aren’t. But there are a few of ‘em wearing it. (laughs) I’ve seen an old man in one, as well.”

RINGO: “I’ve seen an old woman.”

(laughter)

JOHN: “I saw four old men. Top that!”

RINGO: (laughing) “I give in.”

Q: “Alot of your songs contain the words, ‘you,’ or ‘me,’ or ‘I.’

GEORGE AND JOHN: “‘Please Please ME,’ ‘From ME To YOU,’ ‘She Loves YOU,’ ‘I Want To Hold YOUR Hand.'”

Q: “Right. Now, what is the significance of that?”

PAUL: “No, the only idea about that is that, uhh… When we sing songs, we prefer to sing ones with a sort of personal touch, you see. So, the best way to get that into a song is just to write them with ‘I’ or ‘you’ or ‘me’ or ‘him’ or ‘through’ or ‘by’ or ‘that.'”

(laughter)

Q: “What brings you to the U.S. at this particular time?”

GEORGE: “Well, we’re over here to do three Ed Sullivan TV shows, and meet the press, and a bit of a rest on Miami Beach.”

Q: “Are there plans for a movie?”

GEORGE: “Yeah. Well, when we get back to England from this current visit of America…”

JOHN: (giggling) “…to America.”

GEORGE: “…by America, yeah. Well, you see, we’re making a film– which we don’t know the title of– but it should be a film just about us.”

PAUL: “We don’t know the script, and we don’t know what songs will be in it.”

GEORGE: “It should be released in the states by the end of this year sometime, we hope.”

JOHN: (laughing) “With no title and no songs!”

PAUL: “And no script.”

JOHN: “Top that!”

(laughter)

Q: “We’d like to thank you for dropping by, and we wish you the best on your U.S. tour.”

GEORGE: “Pleasure to be here.”

PAUL: “Thank you.”

JOHN: “Bye Bye.”

RINGO: “Thank you very much.”

Source: Transcribed by www.beatlesinterviews.org from one of the original discs

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s