Como surgiu a canção “Michelle”, de Lennon & McCartney!

Michelle, do álbum Rubber Soul, ao contrário do que muitos pensam, não foi em homenagem a uma das namoradas de Paul McCartney, a uma filha que ele teria tido fora do casamento, ou mesmo dedicada a Michelle, dos Mamas and Papas…
Paul compôs a melodia da canção ainda quando estudava no Liverpool Institute, e compôs no estilo solado de Chet Atkins, que era uma inovação para eles, pois nenhum guitarrista de rock havia feito isso anteriormente.
Um dia Paul estava em uma das festas oferecidas por Austin Mitchell, que era o orientador de John Lennon na escola de Belas Artes, e usava um suéter preto de gola olímpica, sentado a um canto, todo cheio de mistério, tocando essa melodia francesa, pois costumava fingir que sabia falar francês; tentava ser misterioso para que as garotas pensassem: “Quem é aquele cara francês superinteressante lá no canto?” (palavras do Paul…).
Anos depois, John perguntou a ele se ele se lembrava daquela coisa francesa que ele tocava nas festas de Mitchell, pois precisavam de músicas para completar o disco e aquela era boa, deviam fazer alguma coisa com ela.
Foi assim que Paul fez a canção: ele ainda era amigo de Ivan Vaugham, o homem que o apresentou a John, e Jan, mulher de Ivan, lecionava francês. Um dia foram à Wimpole Street visitar Paul, que pediu a Jan que lhe ajudasse na letra. Paul disse: “Gosto do nome Michelle. Você consegue pensar em alguma coisa que rime com ele em francês?”
_ Jan: “Ma belle”
_ Paul:”E o que significa?”
_ Jan: “Minha bela”
_ Paul: “Que ótimo! Uma canção de amor.”

Começaram a conversar e Paul disse: Essas palavras casam bem. Como é que se diz isso em francês?
_ Jan: “Sont les mots qui vont très bien ensemble…”
_ Paul: “Tudo bem, isso se encaixa”.

Ela explicou a Paul a pronúncia e assim foi. Anos mais tarde Paul enviou um cheque a Jan pois compuseram a canção praticamente em parceria. Quando Paul cantarolou a melodia para John, ele se lembrou de “I put a spell on you”, de Nina Simone, onde a letra repetia: “I love you I love you I love you…”, e sugeriu que usassem aquela letra, com ênfase na palavra love, como parte B da canção.
O “I love you…” não constava da primeira versão, o original era só o estribilho. Paul disse que aquilo soava como Nina Simone e por isso deu dez pontos para John.
“Michelle” tinha apenas 4 canais, foi fácil de mixar. Mixaram os 4 canais, o que levou talvez meia hora, segundo palavras de Paul.

“A gravação foi para a prateleira, numa caixa de fita um/quarto. E pronto, foi a única coisa que fizemos com Michelle”.

(Paul McCartney, em Many Years from Now, de Barry Miles).

Minha filha Michelle, que recebeu este nome em homenagem à canção de McCartney, e eu no metrô de Londres.

Minha filha Michelle, que recebeu este nome em homenagem à canção de McCartney, e eu no metrô de Londres.

Anúncios

5 respostas em “Como surgiu a canção “Michelle”, de Lennon & McCartney!

  1. Mas será que ele falou assim ou foi engano do jornalista? Ou engano de tradução? Ou melhor, John falou assim? O comentário teria sido de John e não de Paul. Mas é o jornalista quem está dizendo como se John tivesse dito. Paul disse apenas que soava como Nina Simone.

    Se John falou assim cometeu um engano grave. Como compositor sabe da importância de dar crédito certo. O que sentiria se alguém falasse que gosta muito da música de Joe Cocker chamada With a Little Help from my Friends? Tudo bem porém se alguém disser gostar da versão feita por Joe Cocker para With a Little Help From my Friends. Assim como seria certo também dizer ” o sucesso de Joe Cocker”.

    Fui pesquisar. O que encontrei está diferente do artigo. Vejam: “. Lennon was inspired by a song he heard the previous evening, Nina Simone’s version of “I Put a Spell on You”, which used the same phrase but with the emphasis on the last word, “I love you”.:”

    OU seja. Lennon se inspirou numa canção que ouviu na noite anterior, a versão de Nina Simone para I Put the Spell on You”… A versão de Nina Simone. Certíssimo. E não ” de Nina Simone” como está no artigo traduzido. Só que o artigo foi retirado do livro. Eu tenho o livro no original, mas não me recordo como saiu. Achei na Wikipedia e também no About Entertainment.

    Agora fui na Beatles Bible. Quem escreveu fala em sucesso de Nina Simone. E não que seja uma música dela. “John Lennon wrote the middle section, inspired by a 1965 Nina Simone hit”.
    Achei um comentário de John na entrevista concedida a David Shef em 1980. Aqui: “I had been listening to Nina Simone – I think it was I Put A Spell On You. There was a line in it that went: ‘I love you, I love you.’ That’s what made me think of the middle eight for Michelle: ‘I love you, I love you, I l-o-ove you”. Também não disse que era de Nina Simone. Apenas que estava ouvindo ela cantando. Deve ter sido engano mesmo do jornalista. Ou talvez do tradutor.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s