Paul McCartney fala em entrevista sobre a Canção que fez para Mary!

Esse vídeo é parte de uma entrevista que ele deu num programa de TV, onde conta de como compôs a canção para Mary.

Transcrição do Texto, por Debora Dumphreys:

Mary’s Song
“Yeah, once I remember when, uh, Linda and I Just had our first baby, which was Mary, we already had Heather, but our first baby together was Mary and, Mary was born and I was at the hospital, basically the whole week, you know, just while Linda recovered, took it easy, and we liked the chips in this place. So sitting around all week and just enjoying just having had this lovely baby and there was this Picasso print on the wall, of an old man playing the guitar. And I looked at it all week and towards the end of the week I thought, “what cords he playing?” you know, on the guitar, “what is he playing?” and I noticed he just had two fingers here, you get that cord and go on, just two fingers there and so I thought I would try and see, you know, what the cords would sound any good, so (barulho de acordes no violão) “Oh, that’s nice!”, you know, so then I tried to use that as the inspiration and tried to write a song that only had to use two fingers, so I’ll play a bit of that.
Note carefully, two fingers, all the time. My hand never leaves my wrist!”
Paul McCartney

Tradução do Texto por mim:

“Sim, me lembro certa vez quando, uh, Linda e eu tínhamos acabado de ter nosso primeiro bebê, que foi Mary, nós já tínhamos Heather, mas nosso primeiro bebê juntos foi Mary e, Mary nasceu e eu estava no hospital, basicamente a semana inteira, você sabe, até enquanto Linda se recuperava, tive paciência, e a gente gostava das batatas fritas palito lá do hospital. Portanto, ficava sentado lá a semana toda e só curtindo o lindo bebê que acabara de chegar e havia este quadro de Picasso na parede, de um velho homem tocando guitarra. E eu olhei para isso a semana inteira e quando chegou o final da semana pensei: “ quais as cordas que ele está tocando”? Você sabe, na guitarra, “o que ele está tocando?” E eu percebi que ele tinha somente dois dedos aqui, você toma aquela corda e vai em frente, somente dois dedos lá e então eu pensei que eu poderia tentar e ver, você sabe, quais as cordas que soariam bem, então (barulho de acordes ao violão) “Oh, que legal!”, você sabe, então depois eu tentei usar aquilo como inspiração e tentei escrever uma canção onde tivesse somente que usar dois dedos, então agora tocarei um pedacinho dela…
Note com muito cuidado, dois dedos, o tempo todo. Minha mão nunca deixa meu pulso!”

Linda e Mary McCartney

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s