“Os Beatles Ilustrados”, um novo livro sobre os Fab Four lançado em Portugal!

Texto de Rubens Stone

“Os Beatles Ilustrados” é o título de um dos mais badalados livros recém-lançados em Portugal. O autor, Abel Rosa, é um dos maiores colecionadores e pesquisadores da obra do grupo na terra de Camões.

Livro Os Beatles Ilustrados - imprensa portuguesa
Assim como aconteceu em todo o mundo, a beatlemania aportou em Portugal nos idos de 1964, numa época em que uma forte censura vigorava naquele país. Os Beatles foram recebidos com desconfiança por parte da imprensa portuguesa. A revista Flama, na edição de março de 1964, dizia que os Beatles “simplesmente descobriram a fórmula de ganhar dinheiro fácil. Berram, saltam, fazem barulho, nada mais.”
Foi nesse clima que o filme “A Hard Day’s Night” recebeu em Portugal, o ridículo título de “Os Quatro Cabeleiras do Após-Calypso”.

Livro dos Beatles em Portugal 2

Diante de uma aberração como essa, o nosso “Os Reis do Iê Iê Iê” é simplesmente um título genial. (rstone)

Livro dos Beatles  em Portugal 1

Um outro livro lançado em Portugal que também teve muito sucesso foi o “Beatles em Portugal”, de autoria de Luís Pinheiro de Almeida, Teresa Lage

Edição/reimpressão: 2002
Páginas: 176
Editor: Assírio & Alvim
ISBN: 978-972-37-0766-3
Coleção: Rei Lagarto

Sinopse
Talvez não saiba, mas apesar de Os Beatles (a banda mais famosa do mundo, que ainda hoje influencia a música pop e cujos discos se continuam a vender aos milhões) nunca terem actuado em Portugal (por cá eram os tempos do “orgulhosamente sós” e um concerto daqueles 4 “guedelhudos” iria certamente perturbar o “sossego”), os seus elementos estiveram, de vários modos, ligados ao nosso país. Paul McCartney era mesmo um assíduo frequentador do Algarve, e a letra de “Yesterday” foi escrita em Portugal. E também a canção “Penina”, por cá popularizada pelos Sheiks de Carlos Mendes, mas antes disso oferecida a Aníbal Cunha, dos Jota Herre, que tocava na altura no Hotel do mesmo nome, tendo o Beatle ainda feito uma perninha no palco do bar. George Harrison tinha um amigo português com quem partilhava a paixão pelos automóveis e uma grande afeição por um cavaquinho fabricado propositadamente para ele por um artífice de Tebosa, concelho de Braga.
O livro tem um exaustivo inventário de tudo o que em Portugal disse e diz respeito aos Fabulous Four (comemoram-se nesta altura os 40 anos da edição do primeiro single da banda, “Love Me Do”), entrevistas concedidas a jornalistas portugueses (incluindo os autores do livro), depoimentos de pessoas que com eles contactaram, uma enorme iconografia (cartazes, fotos, as edições portuguesas dos discos, documentos, etc.), e uma bibliografia.

Críticas de imprensa
“O livro ‘Beatles em Portugal’, além de preencher um vazio na produção escrita nacional sobre os Beatles, acaba por ser um poderoso instrumento para perceber o país nas décadas de 60 e 70, devolver memórias, projectar imaginações. Todos os aspectos das relações do grupo com Portugal foram cobertos (as entrevistas a McCartney feitas por um muito jovem Joaquim Letria ou por Baptista-Bastos, em inícios de 60 são deliciosas) e a obra integra uma discografia portuguesa – única no mundo! – completíssima e uma bibliografia fundamental. Pelo menos, a primeira ambição dos autores terá sido conseguida: ‘Beatles em Portugal’, antes de aparecer nas livrarias, já é um livro de colecção.”
Nuno Miguel Guedes, Visão, 21/11/02

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s