Ronnie Von e sua relação com o álbum “Revolver” dos Beatles!

Lançado em 05 de agosto de 1966 no Reino Unido e em 08 de agosto de 1966 nos EUA, no Brasil o álbum demorou mais pra chegar às casas de discos, e isso era comum acontecer, havendo demora de até seis meses a um ano para que chegassem por aqui.
Um fato que merece destaque envolvendo o álbum Revolver está contado no livro “Ronnie Von, o Príncipe que podia ser Rei”, e também neste depoimento em áudio feito pelo próprio cantor.

O pai de Ronnie era ministro plenipotenciário em Londres e passava metade do ano na Inglaterra, desta forma quando vinha para o Brasil, trazia as novidades musicais para o filho, trazendo pra ele tudo que os Beatles lançavam, pois esta era a forma de deixa-lo mais próximo da Beatlemania.
E foi o que aconteceu com o álbum Revolver, que Ronnie recebeu meses antes de ser lançado no Brasil.

Tendo que estrear um programa na TV Record, chamado “O Pequeno Mundo de Ronnie Von”, e devido ao bloqueio que sofreu na emissora para encontrar atrações para se apresentarem no seu programa, Ronnie conversou com sua amiga Rita Lee, que também é Beatlemaníaca como ele, e escutaram juntos todo o LP Revolver.
Rita tinha um grupo de seis integrantes, mas brigaram, sobrando apenas ela e os irmãos Baptista, Arnaldo e Sérgio. Por sugestão de Ronnie Von eles formaram os Mutantes e foi assim que no dia 15 de outubro de 1966, lá estavam Ronnie e Os Mutantes na estreia do programa, ocasião em que tocaram todo o lado A do disco Revolver na primeira parte, e na outra meia hora seguinte, todo o lado B. Só não tocaram uma música, que foi Eleanor Rigby, porém na semana seguinte ensaiaram e montaram juntamente com o maestro Cyro Pereira e um quarteto de cordas, mantendo o mesmo arranjo que a mãe do Arnaldo e do Sérgio havia copiado do original de George Martin. O sucesso foi tanto que só o aplauso demorou mais que o tempo da música e eles bisaram 10 vezes!

"Beatles, indiscutivelmente. Tem um que revolucionou. Tem quem fale em Sgt. Peppers, eu acho que não. O processo revolucionário começou antes. O Rubber Soul já tinha uma pegada, mas Revolver mudou mesmo. Para mim, esse é o disco revolucionário dos Beatles. Desde o primeiro disco deles começou a mudar o meu jeito de ouvir música. Rubber Soul começou a virar minha cabeça para 180 graus e o Revolver para mais 360º [risos]."

“Beatles, indiscutivelmente. Tem um que revolucionou. Tem quem fale em Sgt. Peppers, eu acho que não. O processo revolucionário começou antes. O Rubber Soul já tinha uma pegada, mas Revolver mudou mesmo. Para mim, esse é o disco revolucionário dos Beatles. Desde o primeiro disco deles começou a mudar o meu jeito de ouvir música. Rubber Soul começou a virar minha cabeça para 180 graus e o Revolver para mais 360º [risos].”

Revolver foi um amadurecimento das ideias musicais presentes nos álbuns anteriores e um divisor entre os álbuns contendo musicas que podiam ser tocadas ao vivo e os álbuns que foram gravados exclusivamente em estúdio.

Alguns acham que Revolver foi o verdadeiro divisor de águas na discografia dos Beatles, outros acham que teria sido Rubber Soul, outros ainda dizem que foi o Sgt. Pepper!

A revista Rolling Stone o elegeu como sendo o 3º melhor álbum de todos os tempos, atrás somente do Sgt. Pepper e do Pet Sounds, dos Beach Boys.

John Lennon disse em entrevistas que gostava mais do som do White Álbum, George Harrison dizia que o Revolver era uma continuação do Rubber Soul, como se fosse um álbum duplo.
O fato é que este disco chegou ao Brasil e abriu caminhos para muitos músicos da época, como foi o caso de Ronnie Von, Rita Lee e Os Mutantes!

revolver

Ronnie Von no Programa “Agora é Tarde”, em 12-03-2014, fala sobre o livro lançado recentemente contando sua historia, dá a receita de um drink criado por ele e apresenta seu filho Leo Von para cantar uma de suas antigas composições.

Ronnie Von – Programa Agora é Tarde – 12-03-2014 from Lucinha Zanetti on Vimeo.

A propósito, Ronnie nega ter participado do programa Jovem Guarda, mas eu conheço no mínimo duas testemunhas além de mim, que o assisti participando…😉

“O Ronnie falou que nunca foi mas foi, me lembro que uma vez depois do programa quando ele saiu do Teatro, as meninas rasgaram sua camisa, ele pegou carona conosco e passamos na casa do Rubinho que lhe emprestou uma camisa pra ele ir pra sua casa.” (Raul de Barros, que acompanhava Erasmo Carlos, foi um dos Tremendões).

http://musica.uol.com.br/noticias/redacao/2015/08/27/eu-nao-tinha-nada-a-ver-com-a-jovem-guarda-diz-ronnie-von.htm

6 respostas em “Ronnie Von e sua relação com o álbum “Revolver” dos Beatles!

  1. Lucinha, gosto muito do Ronnie e não conhecia essa história contada por você, muita original mesmo, de uma época que o acesso à mídia era escasso. Sobre a trava ao programa do Ronnie, já ouvi algumas coisas estranhas, tais como, que rolava ciúme dele, “de alguns colegas na Record ” o que creio não ser bem assim com astros americanos e britânicos nessa época, que se ajudavam mutuamente, inclusive Harrison dizendo que os Beatles se sentiram desconfortáveis, quando foi anunciado de que a saudosa Cilla Black passaria a cantar antes deles .Gratoe e Abs

  2. Lucinha, muito boa a explicação sobre a influência do Revolver sobre o Ronnie , que como vc sabe, é ainda hoje um exemplo de educação, beleza e cultura. O Ronnie reúne muitas qualidades, acho que daqui pra frente serei Jenny Von! Hahaha

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s