Significado do Mantra OM (ॐ)

George Harrison começou a se interessar por mensagens subliminares depois de uma visita que fez à India em 1967, quando foi iniciado na seita hindu conhecida como Hare Krishna, pelo guru Maharishi, tornando-se adepto do movimento e seu maior divulgador no mundo ocidental. O movimento Hare Krishna (Hare=modo imperativo do verbo Hara, que significa ‘vibrar’, e Krishna é o nome de um deus na India) cresceria a partir de então de maneira assustadora, através da influencia causada pelos conteúdos do movimento contidos nos discos do grupo, como frases ou mantras (mantra=frases ou cânticos que são utilizados como invocatórios de entidades, semelhantes as utilizadas na Umbanda, Candomblé, Vodu, etc.) Estas influências podem ser destacadas principalmente nos discos: My Sweet Lord (Meu doce senhor), Living in the Material World (Vivendo no mundo material), Within You, without You (Dentro de você, sem você), The Hare Krishna Mantra (O mantra Hare Krishna).

George Harrison

Na canção “My Sweet Lord” Harrison colocou nos backing vocais, na primeira metade da música, o canto “ALELUIA” (um canto de louvor Ocidental) e na segunda metade o mantra “Hare Krsna” (mantra divino transcendental Oriental); o mantra nada mais é do que uma repetição de palavras que reproduzem determinado som e consequentemente determinada vibração quando cantado durante um determinado tempo; tem-se como exemplo o OM( ॐ ) que é um som, uma espécie de “zumbido” infinito, sempre se mantendo uníssono (num mesmo som, sem começo e sem fim (Ex: se tamparmos os ouvidos poderemos ouvir um zumbido; esse zumbido no ouvido é um reflexo de sua existência, conhecido como o som de DEUS (esse som representa a imagem mais pura de Deus, pois Deus não tem somente uma imagem, Deus também tem em cada coisa existente e não existente a sua imagem também (imagem e semelhança) mas no OM (ॐ) há o reflexo de imagem mais pura de Deus, algo como o estado puro (o OM também é conhecido como o som do universo (som simbólico: …MMMMMMMMMMMMMMMMMMM… ou seja não tem altos e baixos e também nunca é o som que se contradiz, pois é uma postura sonora (a própria composição sonora do OM) intacta, não é incoerente, não é inconstante, e é inabalável, independente.

My Sweet Lord
My sweet Lord
Hm, my Lord
Hm, my Lord

I really want to see you
Really want to be with you
Really want to see you, Lord
But it takes so long, my Lord

My sweet Lord
Hm, my Lord
Hm, my Lord

I really want to know you
Really want to go with you
Really want to show you Lord
BUt it won’t take long, my Lord (hallelujah)

My sweet Lord (hallelujah)
Hm, my Lord (hallelujah)
My sweet Lord (hallelujah)

Really want to see you
Really want to see you
Really want to see you Lord
Really want to see you Lord
But it takes so long, my Lord (hallelujah)

My sweet Lord (hallelujah)
Hm, my Lord (hallelujah)
My, my, my Lord (hallelujah)

I really want to know you (hallelujah)
Really want to go with you (hallelujah)
Really want to show you Lord(AhhhAhhhh)
But it won’t take long, my Lord (hallelujah)
Hm, hm (hallelujah)

My sweet Lord (hallelujah)
My, my, my Lord (hallelujah)

Hm, my Lord (hare krishna)
My, my, my Lord (hare krishna)
Hm, my sweet Lord (krishna krishna)
Hm, hm (hare hare)
Really want to see you (hare Rama)
Really want to be with you (hare Rama)
Really want to see you, Lord (AhhhAhhhh)
But it takes so long, my Lord (hallelujah)
Hm, my Lord (hallelujah)
My, my, my Lord (hare krishna)
My sweet Lord (hare krishna)
My sweet Lord (krishna krishna)
My Lord (hare hare)
Hm, hm (Gurur Brahma)
Hm, hm (Gurur Vishnu)
Hm, hm (Gurur Devo)
Hm, hm (Maheshwara)
My sweet Lord (Gurur Sakshaat)
My sweet Lord (Parabrahma)
My, my, my, my Lord (Tasmayi Shree)
My, my, my, my Lord (Guruve Namah)
My sweet Lord (Hare Rama)

No princípio era o Verbo (OM), e o Verbo estava com Deus (Brahman), e o Verbo era Deus… Todas as coisas foram feitas por intermédio Dele, e sem Ele nada do que foi feito se fez. (João 1.1-3)

As escrituras védicas ensinam que o mantra original é o OM, formado pelas três letras A + U + M, cujo significado é: Brahma, Vishnu, Shiva – o princípio da criação, manutenção e dissolução (ou absorção) do Universo.

Conversando com um amigo, o Sayantan Ghosh, que fala o idioma hindu, ele me explicou que OM é semelhante a dizer “Amem”, e explica:

“OM…..perhaps the shortest and the most self-appealing mantra ever created on Earth.
Om can do magic beyond imagination……u must have heard ‘The Inner Light’ by George….it is all the power of Om…
Orkut is too short a place to describe Om totally….still I’ll tell u something….

Om is actually a sound created from the stomach if u pronounce it perfectly….it brings peace and prosperity in ur life and has the power of even curing diseases (both mental and physical).If u get time,u can practise something……early in the morning, sit straight with folded legs in a quite place….take a deep breath…..breathe out slowly saying “OOOMMMMMM”….repeat this 10 times (for a beginning….later it should e done 20 times or more)…..I bet your life will change…….”

Traduzindo:

OM… talvez o mais curto e mais introspectivo dos mantras já criados na terra.
OM pode fazer mágica através da imaginação… você deve ter ouvido a canção de George, The Inner Light… ela contem todo o poder do OM…
Orkut é um lugar muito pequeno para descrever a grandeza total do OM… ainda lhe digo mais… OM é na verdade um som criado do estômago se você pronunciá-lo com perfeição… ele trás paz e prosperidade em sua vida e tem o poder até mesmo de curar doenças (tanto mental como física). Se você tiver tempo, você pode praticar algo… de manhã cedo, sente-se ereto com as pernas dobradas em um lugar calmo… respire profundamente… solte o ar vagarosamente dizendo “OMMMMMM”… repita isto 10 vezes (para um iniciante… depois poderá fazê-lo 20 vezes ou mais… aposto que sua vida vai mudar…!

George Harrison OM

A sílaba sagrada Om é milenar e não se tem idéia de quando começou a ser cantada.

De acordo com os textos védicos da Índia, o mantra Om é Deus. É o início e o fim de tudo. É o presente, passado e futuro de cada um … É o primeiro mantra, o mantra semente. Dele vieram os outros. Ele é a razão dos outros. OM é o mundo. OM SAI RAM!!! (O princípio divino está dentro do seu coração). O mais importante é entoá-lo com fé. Somente assim, Deus dará a resposta. Pois um mantra, quando vibra, mostra a sua força e, esta força, é Deus. OM também é uma forma de tratamento tal como “ó meu senhor”.

Assim como o sol penetra com suas energias de luz e calor em todas as coisas na superfície da terra durante o dia, o OM também penetra em tudo na criação, sendo que todas as energias emanam Dele. Por isso, Ele é chamado de Sol Divino, e como é o caminho para a meta última, voltar ao Supremo, é chamado de o Sol Divino do Bom Caminho. (Fernando de Freitas)

WE LOVE THE BEATLES FOREVER

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s