A briga entre John Lennon e George Harrison chegou às vias de fato!

Apesar de todas as tensões por que passaram os Beatles durante as gravações do projeto Get Back, as piores ocorreram
de fato entre George e John.

George e John

Depois de ser deixado de lado durante anos, Harrison achava que Yoko tinha uma voz de maior peso que a dele nas
decisões da banda. Pior que isso, o casal estava praticando o que era conhecido como “percepção elevada” – baseada na
crença de que a comunicação verbal era desnecessária entre pessoas “em sintonia” com as grandes verdades do universo.
Seu efeito prático era o de cessar qualquer interação prática ou significativa. Quando assuntos cruciais eram levantados, John não dizia nada, concordando com o que quer que Yoko achasse.

Chegou o momento em que Harrison atingiu seu limite.

Em 10 de janeiro, ele e Lennon começaram uma briga que teria chegado às vias de fato, apesar de negarem o ocorrido (já George Martin declarou ao biólogo Plillip Norman que a discussão chegou ao nível físico, “com todo mundo se acalmando depois”). O confronto foi um dos poucos que o diretor Lindsay-Hogg não capturou para a posteridade. Mas ele filmou George aparentemente saindo dos Beatles.
“Estou fora”, disse, guardando a guitarra. “Ponham um anúncio e vejam se conseguem chamar alguém. A gente se vê por aí”.

Paul e Ringo ficaram chocados, mas John não se abalou e começou a tocar uma versão de “A Quick One, While He´s
Away”, do The Who, tirando um barato da angústia de George.

E naquele mesmo dia, Yoko sentou-se no lugar de George, pegou o microfone e começou a cantar um blues ininteligível,
enquanto os outros a acompanhavam, sem saber o que fazer, com medo de que Lennon se irritasse e também partisse…
(curiosamente, trata-se de uma performance memorável).

Ainda naquele dia, Lennon sugeriu que recrutassem Eric Clapton para substituir Harrison: “A questão é, queremos
continuar a banda sem George? Eu com certeza quero”.

Em 12 de janeiro, os 4 Beatles se reuniram na casa de Ringo para tentar resolver suas diferenças, mas quando Yoko
insistiu em falar por John, George foi embora de novo.

Os Beatles chegaram a um acordo, dias depois, mas Harrison impôs limites rígidos: nada de shows grandes e nada de
voltar a trabalhar nos estúdios Twickenham. Yoko, entretanto, continuava participando de todos os ensaios, ao lado de John.
“Yoko só quer ser aceita”, disse Lennon. “Ela quer ser uma de nós”. Quando Ringo respondeu “Ela não é um Beatle, John, e nunca vai ser”, Lennon bateu o pé. “Yoko é parte de mim agora. Somos John e Yoko, estamos juntos.”

Quase duas semanas depois da saída de George, os Beatles voltaram a tocar, dessa vez em um estúdio improvisado no
porão da sede da Apple. Harrison trouxe então o organista Billy Preston, que eles haviam conhecido em Hamburgo
(Alemanha), em 1962. Preston participou dos ensaios e sua habilidade no improviso trouxe a dignidade que eles tanto
precisavam. Lennon achou a presença de Preston tão revitalizante que quis transformá-lo em membro fixo, um quinto Beatle.
A resposta de Paul foi taxativa: “Já é ruim o suficiente com quatro”.

Fonte: Revista Rolling Stones, Ed. Set/2009

4 respostas em “A briga entre John Lennon e George Harrison chegou às vias de fato!

  1. É um texto que toca um beatlemaníaco, pois mostra o quarteto se desmoronando! Provavelmente já havia muitos problemas e dificuldades na banda, mas creio que Yoko fazia isso deliberadamente. Agora se Yoko não estivesse lá, talvez outro fator ocuparia o lugar dela, no intuito de finalizar a banda definitivamente. Hoje, 45 anos depois, “o fim” de uma era, propiciou em muito para que os Fab se tornassem eternos e mitológicos! P.S.: Sou fã da clássica canção A Quick One… do The Who e do grande Moon!

  2. Eu rio agora ?? Rio depois ??Ou não ri desse amontado de bobagens………Quem escreveu isso deve estar usando mescalina com heroína regada a cocaína……..
    George nessa época estava mais pacifista que o Dalai Lama e nunca nem discutiria com o John.
    O texto se revela quando fala que Bily Prestol foi trazido pra improvisar……PORRA NENHUMA !!!
    George convidou Bily para os ensaios de Let it Be para que John e Paul parassem de brigar um pouco…………..Fala pro maconhinha da Rlling Stone me dizer de qual Biografia ou entrevista ele tirou essa merda ??????

  3. amo tudo sobre beatles, essa coisa orgânica, emotiva, sensível

    o q move a arte é isso, o espírito humano

    a lógica só faz a movimentação financeira, e violenta

    a loucura e a paixão cria

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s