O Compositor Renato Barros!

Na noite desta quinta-feira, 30 de junho de 2016, tive a honra e o prazer de conversar com o músico Renato Barros, da Banda Renato e Seus Blue Caps, que falou sobre algumas de suas composições, citou os Beatles, falou de sua amizade com Getúlio Côrtes, lembrou Leno e de quando compôs “Devolva-me” para a dupla, das composições suas que Roberto Carlos gravou, enfim, uma conversa informal que poderá ser ouvida aqui neste vídeo.

O mesmo vídeo no Facebook:

Algumas das composições feitas por Renato, solo ou em parceria, são as seguintes:

Ano de 1960
– Garota Fenomenal

Ano de 1961
– Limbo do tra-la-la

Ano de 1962
– Blue Caps Twist
– Bonequinha
– Summer comes again

– Ano de 1965
– Menina Linda
– Querida Gina
– Garota Malvada
– Os Costeletas
– O Escândalo
– Preciso ser Feliz
– Feche os Olhos
– Eu sei
– Aprenda a me Conquistar
– Sou tão Feliz

Ano de 1966
– Devo tudo a você (gravada por Jerry Adriani)
– Tudo morreu quando perdi você (gravada por Wanderléa)
– A primeira lágrima
– Devolva-me (gravada por Leno e Lílian)
– Meu bem não me quer
– Sim, sou feliz
– A garota que eu gosto

Ano de 1967
– A saudade que ficou
– Menina Feia
– Um é pouco, dois é bom, três é demais
– Lar doce lar
– Você não serve pra mim (gravada por Roberto Carlos)

Ano de 1968
– Escreva logo
– Não demore mais
– Sem Suzana
– Maior que o meu amor (gravada por Roberto Carlos)

Ano de 1970
– Meu amigo do peito
– Não há dinheiro que pague (gravada por Roberto Carlos)

Ano de 1971
– Esta noite não sonhei com você
– Você vai me ouvir
– Nós dois
– O brinquedo se quebrou

– Sou louco por você

– Sou amor pra te entregar

Ano de 1972
– Não foi o que eu fiz

Ano de 1973
– Se você soubesse

Ano de 1974
– Eu não aceito o teu adeus

Ano de 1976
– Como há 10 anos atrás
– Eu te amei demais

Ano de 1977
– Sem você
– Você é um pedaço de mim
– Não maltrate um coração
– O brinquedo se quebrou

Ano de 1979
– Suco de laranja
– Vou ao teu encontro
– Eu te amo
– Eu não sabia que você existia (gravada por Leno e Lílian)

Ano de 1983
– Para Sempre
– Sexo Frágil

Sexo Frágil (1983)
Compositor: Renato Barros – Vocal e todas as sobreposições de vozes.

– Vamos fundo

– Memórias
– Guerreiro do amor

Ano de 1987
– Batom Vermelho
– Pode me procurar
– Monaliza da TV
– Com você no coração
– Nos braços, nos olhos e no coração
– Anjo rebelde

Sobre a canção “Só Falta Você”, Renato disse: “… eu fiz essa música num voo Natal-Rio. Letra e música.”

Renato em Cantegril Clube Viamão RS 27-06-2015

NOTA:
Sobre a canção “Rainy Day”, Renato explica:

“Sobre a música Rainy Day, é complicado mesmo… esta música foi feita muito rapidamente, pois foi numa época em que os cantores vendiam muitos discos cantando em inglês e é lógico, eu fiquei com vontade de arriscar também, até que o Cid (Chaves) me apresentou a um rapaz que pertencia a uma banda aqui do Rio. O nome do rapaz é Ricardo Fegahli, que pouco tempo após o sucesso de Rainy Day, ingressou na melhor banda do Brasil (Roupa Nova) a qual pertence até hoje. A música original era minha mas foi sofrendo transformações, pois foi um verdadeiro trabalho de equipe. A letra foi feita pela hoje deputada Federal Jandira Fegahli, irmã de Ricardo. Depois da música gravada, criamos nomes fictícios em Inglês (era moda). Sendo assim, quero deixar claro que: Eu não sou o Richard Young interprete, e sim, é o Ricardo Fegahli. Tanto eu quanto Jandira recebemos pseudônimos em Inglês mas confesso que não me lembro mais desses nomes…”

RENATO BARROS EM UMA INTERPRETAÇÃO SOLO DE SUA COMPOSIÇÃO “A PRIMEIRA LÁGRIMA”

.

.

Aqui interpretando ‘Fim de Caso’ (1958), um clássico de Dolores Duran…

10 respostas em “O Compositor Renato Barros!

  1. Olá Lúcia! Excelente entrevista com o Mestre! Hoje eu toco guitarra profissionalmente graças à banda Renato e Seus Blue Caps! Lembro quando ainda estava aprendendo a tocar, eu ficava quebrando a cabeça para fazer aquele som de guitarra da introdução de Ana e muito depois fui saber que se tratava de um efeito de câmara de eco, como se dizia antigamente.
    Bom Lúcia, como guitarrista experiente, posso complementar com alguns exemplos, as informações do Renato a respeito de guitarra com distorção. Músicas com guitarras distorcidas: as introduções de “Revolution” dos Beatles, “Satisfaction” dos Stones e com a turma do Renato “Sim sou feliz”, “Só faço com você”, “Não é nada disso” e “Você não serve pra mim” no disco Ritmo de Aventura do Roberto Carlos. Já as músicas com guitarras sem distorção (som limpo) são aquelas com som cristalino, como “Sultans Of Swing” do Dire Straits, e voltando novamente ao Renato Barros, “Esqueça e perdôe” do álbum “Isto é Renato…” (aliás praticamente todo esse álbum), “Ana”, “Não vá embora sem me dizer”, “Cláudia” entre tantas outras. Renato veio a utilizar guitarra com distorção em 66 na gravação do álbum “Um embalo com Renato…).
    Espero ter contribuído e sanado suas dúvidas a respeito de guitarras com e sem distorção!
    Um forte abraço de um grande admirador do Renato Barros!

  2. Excelente entrevista Lucia. Que compositor maravilhoso é Renato Barros. Simples. Adorei saber de tanta história sobre a banda do Renato e Seus Blue Caps. Parabéns pela iniciativa. Meu nome é Carla de Salvador. Fä de Renato Barros

  3. Adorei a entrevista com esse grande compositor Renato Barros. Muito interessante mesmo. Parabéns pela iniciativa. Carol de Salvador

  4. Antes deles a arte tinha um formato bem acanhado, mas os caras chegaram e fizeram algo de rara beleza. Paul fez 74 anos e em 18\06 de 60 comemora 18 anos ele encontra Lennon. Ambos eram órfãos de mãe e prisioneiro das perdas. Eles abraçaram a arte, a poesia e a ternura, para suportar a orfandade, abandono e clausura. As guerras deixaram feridas, e os nossos irmãos do Vietnã estavam morrendo. Surge um sentimento que brota da beleza que existe na arte. O poder de atração que move o coração na busca de nobres ideais, na certeza que é preciso dar uma chance ao amor e a paz. As canções vão produzindo uma reação em cadeia, e a fama dos 4 garotos vão se espalhando nos 4 cantos da terra. Troque suas armas de guerras, pelas armas do amor e da paz. Os blindados, as armas e os canhões jamais vão superar a beleza dos sons das guitarras e dos violões. A musica perfeita passa por estas miudezas de rara beleza que atende pelo nome de arte. A Europa e a Inglaterra devastadas pelas guerras viviam um sonho de primavera. Nos campos verdes da Inglaterra brotavam nobres sentimentos, e os garotos usando a arte de seus instrumentos fazia brotar o tal ‘ novo alento ‘. A velha guarda sofrida e ferida se via agora comovida e assim surgia o slogan: o futuro esta na jovem guarda e nesta rapaziada animada. No Brasil Renato Barros produzia com fidelidade os sons dos Beatles. Roberto e seus convidados foram banhados pela onda dos garotos e surge a festa de arromba. As jovens tardes por 3 anos e meio foi produzindo algo Tremendo. As marcas do tempo e as páginas de uma bela historia que esta viva em nossa memoria.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s