Reportagens realizadas em Uberaba por Antonio Aguillar nos anos 70.

Chico Xavier

Depoimentos de Chico Xavier a Antonio Aguillar, quando este era repórter e trabalhava na Rádio Tupi de São Paulo. A reportagem nos anos 70 foi levada ao ar durante o programa Luiz de Carvalho.


.

Ciganos acampados em Uberaba

Uma reportagem com Ciganos realizada por Antonio Aguillar para a Rádio Tupi nos anos 70, quando esteve em visita a Uberaba para entrevistar o médium Chico Xavier.
Aguillar aproveitou a oportunidade ao ver os ciganos acampados no meio da cidade vendendo tachos e lendo a sorte das pessoas que passavam… Hoje é uma curiosidade.

Aguillar entrevistando dona Aparecida Conceição Ferreira, fundadora do Hospital do Fogo Selvagem e o Cantor Cláudio de Barros durante colaboração no Hospital do Fogo Selvagem.

Dona Aparecida faleceu no dia 22 de dezembro de 2009; foi uma batalhadora, uma mulher valorosa que por mais de cinquenta anos cuidou dos doentes entre eles, muitas crianças.
Chico Xavier disse-lhe, certa vez, que ela estava tentando resgatar seus débitos havia muito tempo, mas sem sucesso, até que, desta vez, conseguiu seu objetivo ao reencarnar negra, pobre e cheia de filhos doentes para cuidar.
Os insultos, o preconceito e os descasos que ela recebeu foram inúmeros. Mas ela sabia o porquê, visto que em suas conversas dizia que Chico Xavier havia lhe contado que ela vivera no tempo das fogueiras acesas pela Inquisição, e aquelas pessoas também. Um dia ela lhe perguntou: “Chico, o que eu era?” Ele respondeu: “Você, minha irmã, era a mandante”.
Quem já visitou o Hospital do Fogo Selvagem e pôde ouvir suas histórias, sabe como foi difícil erguer essa importante obra, que ela devia sobretudo ao povo de São Paulo, como gostava de enfatizar: “Não fosse o povo de São Paulo e outras cidades também, mas principalmente o povo de São Paulo, não teria chegado onde cheguei”.

Claudio de Barros faleceu no dia 22 de agosto de 2009 após sofrer quatro infartos. Foi um cantor popular que gravou muitos discos, participou do filme do Mazaroppi, Pedro Malazarte.
Cláudio e Aguillar eram amigos, trabalharam juntos numa Secretaria de Estado como jornalistas. Claudio gravou em 1962 a canção “Teu Desprezo” e vendeu mais de 15 mil copias; depois gravou “Cinzas do Passado”, “Separação” e outros sucessos. Ele era uma pessoa muito bondosa e cantava muito em shows beneficentes.
Quando estiveram em Uberaba por ocasião da entrevista com Chico Xavier,aproveitaram a oportunidade para mostrar como viviam os ciganos na área central da cidade, residindo em barracos, e o registro foi transmitido pela Rádio Tupi nos anos 70.

Antonio Aguillar

Antonio Aguillar

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s