JOVEM AOS 50 – A HISTORIA DE MEIO SÉCULO DA JOVEM GUARDA

O filme teve estreia em março de 2017 e depois de ter passado nos cinemas de São Paulo, foi exibido também em Porto Alegre e agora vai começar a passar também no Rio de Janeiro.

Ainda não há uma data para que entre em cartaz no Rio, mas provavelmente haverá um lançamento em pré-estreia na cidade, contando com as ilustres presenças de Renato e Seus Blue Caps, The Fevers, Paulo Silvino, Albert Pavão, The Golden Boys entre outros artistas.

Os canais Globosat disponibilizarão o filme a partir de 04 de julho, (terça-feira que vem) em pay-per-view nos canais NOW, Vivo Play e Oi Locadora.

FICHA TÉCNICA

Narração: MILTON GONÇALVES
Roteiro, Fotografia, Montagem,
Produção e Direção: SÉRGIO BALDASSARINI JUNIOR
Arranjos Instrumentais: BOBBY DE CARLO
Artistas entrevistados: Erasmo Carlos, Wanderléa, Renato e Seus Blue Caps, Sérgio Reis, Caetano Veloso, Ronnie Von, Martinha, Eduardo Araújo, Jerry Adriani, Wanderley Cardoso, Nilton Travesso, Paulo Silvino, Agnaldo Rayol, Carlos Gonzaga, George Freedman, Bobby de Carlo, Cyro Aguiar, Demetrius, Ed Carlos, Deny (da dupla Deny e Dino), Prini Lorez, Antonio Aguillar, Nilton Cesar, Aladdim (do grupo The Jordans), Ary Sanches, Miguel Vaccaro Netto, Lilian (da dupla Leno e Lilian), Dick Danello, Ronald (da dupla Os Vips), Trio Esperança, Moacir Franco, Netinho (dos Incríveis), Waldireni, Golden Boys, The Fevers, Paulo Silvino, Albert Pavão, Leno (da dupla Leno e Lilian), Ricardo Pugialli, Foguinho (baterista dos The Jordans), J.C. Marinho,
B.J. Mitchell (do grupo americano “The Platters”).

Rua Vanderlei, 1511 . Perdizes . São Paulo . SP . CEP: 05011-000
fones: (11) 3872 0632 – 3864 1605
sbj@sbjproducoes.com.br

Anúncios

A ENTREVISTA DE JERRY ADRIANI PARA O FILME JOVEM AOS 50 NA ÍNTEGRA!

Já publicamos aqui sobre o filme “Jovem aos 50 – A História de Meio Século da Jovem Guarda”, que teve sua estreia no Cine Belas Artes em 23 de março de 2017.

Pois bem, as entrevistas com os artistas foram editadas e tiveram cortes, e agora o cineasta Sérgio Baldassarini está disponibilizando na íntegra a entrevista que fez com Jerry Adriani para o documentário, para que as pessoas possam ter uma noção mais clara de quem na verdade era esse homem de nome artístico Jerry Adriani.

Os vídeos estão divididos nos seguintes temas:

– O INÍCIO DA CARREIRA COMO CANTOR DE MÚSICAS ITALIANAS

– AS PARTICIPAÇÕES NO PROGRAMA “JOVEM GUARDA” E DEMAIS PROGRAMAS DA ÉPOCA

– O ENCONTRO E PARCERIA PROFISSIONAL COM RAUL SEIXAS

– AS SEMELHANÇAS NAS VOZES DELE E DE RENATO RUSSO, DA LEGIÃO URBANA

– A SUA EXPERIÊNCIA COMO GALÃ DE CINEMA

– UMA MENSAGEM DOS SEUS 50 ANOS DE CARREIRA

O cantor Nilton César ajuda Jerry Adriani a tirar o casaco para entrar no palco em 22 de agosto de 2015, durante o Show dos 50 anos da Jovem Guarda no Clube Homs em São Paulo.

JERRY ADRIANI – Entrevista para o documentário JOVEM AOS 50

PARTE 1

O INÍCIO DA CARREIRA COMO CANTOR DE MÚSICAS ITALIANAS

PARTE 2

AS PARTICIPAÇÕES NO PROGRAMA “JOVEM GUARDA” E DEMAIS PROGRAMAS DA ÉPOCA

PARTE 3

O ENCONTRO E PARCERIA PROFISSIONAL COM RAUL SEIXAS

PARTE 4

AS SEMELHANÇAS NAS VOZES DELE E DE RENATO RUSSO, DA LEGIÃO URBANA

PARTE 5

A SUA EXPERIÊNCIA COMO GALÃ DE CINEMA

PARTE 6

UMA MENSAGEM DOS SEUS 50 ANOS DE CARREIRA

“Estas são passagens bem legais, que mostram o quanto esse cara era especial e carismático! Pena que não deu pra colocar tudo no filme. Mas acredito que com esses vídeos as pessoas poderão ter uma boa ideia do tamanho do coração desse grande artista chamado Jerry Adriani!”

Sergio Baldassarini Junior
Diretor de Produção
S.B.J. PRODUÇÕES

O filme “Jovem Aos 50 – A História de Meio Século da Jovem Guarda”, estreia em março!

“Jovem Aos 50 – A História de Meio Século da Jovem Guarda” é o título do filme produzido sem nenhum recurso financeiro por Sérgio Baldassarini, e que estreia em São Paulo no Cine Belas Artes, dia 23 de março próximo, daqui exatamente um mês!

Sérgio Baldassarini é proprietário da S.B.J. PRODUÇÕES, uma produtora de cinema e vídeo que realizou um documentário sobre os 50 anos da Jovem Guarda. Neste filme ele entrevistou mais de 45 artistas da época, e ele foi todo narrado pelo grande ator MILTON GONÇALVES.

É um filme que todo fã da Jovem Guarda não pode deixar de assistir.

Com participações e depoimentos de mais de 50 artistas que se destacaram nessa época, entre historiadores, empresários, apresentadores e – principalmente – cantores, o filme intercala depoimentos emocionados destes protagonistas, juntamente com imagens de programas e filmes da época, que sobreviveram aos vários incêndios criminosos que destruíram quase todo acervo da antiga TV Record.

voce-e-uma-brasa

Artistas entrevistados: Renato Barros, Erasmo Carlos, Wanderléa, Caetano Veloso, Ronnie Von, Martinha, Eduardo Araújo, Jerry Adriani, Wanderley Cardoso, Nilton Travesso, Paulo Silvino, Agnaldo Rayol, Carlos Gonzaga, George Freedman, Bobby de Carlo, Cyro Aguiar, Demetrius, Ed Carlos, Deny (da dupla Deny e Dino), Prini Lorez, Antonio Aguillar, Nilton Cesar, Aladdim (do grupo The Jordans), Ary Sanches, Miguel Vaccaro Netto, Lilian (da dupla Leno e Lilian), Dick Danello, Ronald (da dupla Os Vips), Trio Esperança, Moacir Franco, Netinho (dos Incríveis), Waldireni, Golden Boys, The Fevers, Paulo Silvino, Albert Pavão, Leno (da dupla Leno e Lilian), Ricardo Pugialli, Foguinho (baterista dos The Jordans), J.C. Marinho,
B.J. Mitchell (do grupo americano “The Platters”).

“Surgem os Blue Caps de Renato” (Almanaque da Jovem Guarda, de Ricardo Pugialli)

RENATO BARROS volta ao programa de Jair de Taumaturgo. O grupo quer concorrer à categoria “rock ao vivo”, mas as vaias do ano passado ainda não tinham sido esquecidas. Meio receoso, Jair pergunta a Renato qual é o nome do grupo, pois Bacaninhas era muito ruim. Como Renato não tinha nada em mente, o apresentador perguntou seu nome e sugeriu Renato e Seus Blue Caps, em alusão ao Blue Caps, grupo que acompanhava o astro do Rock americano Gene Vincent. Todos concordaram com o nome, pois não acreditavam que poderiam vencer.
Ensaiaram Be-Bop-A-Lula, de Gene Vincent, mas com o arranjo dos Everly Brothers, com duas vozes.
Foi a “maior” novidade, pois nenhum grupo cantava assim no Brasil. Um sucesso. Na segunda-feira sai o resultado e eles são os vencedores da semana. Concorrem então com os campeões semanais e o impossível acontece: eles são os vencedores do mês. Como prêmio, vão ao Programa do Chacrinha, na TV Tupi, Rio.”

Por Ricardo Pugialli

rsbc-1959-editar

rsbc-1959

“RENATO COM A DEL VECCHIO, EUCLÍDES COM VIOLÃO ELÉTRICO E EU AOS 13 ANOS DE IDADE COM O MEU PRIMEIRO BAIXO ACÚSTICO. OBS: DE ÓCULOS ” RONALDO ” MODA LANÇADA POR UM DOS ASSASSINOS DE AIDA CURI, EM 1958.” (Informação de Paulo César Barros)

rsbc-chegando

rsbc-columbia

rsbc-1963-revista-fabio-lima

1963

rsbc-convocacao-para-o-jg

renato-e-seus-blue-caps-revista-do-radio-postado-por-a-pavao

renato-e-seus-blue-caps-1965

renato-e-seus-blue-caps-de-1965-a-1967

rsbc-enviada-por-sergio

.
FOTOS DO ALMANAQUE DA JOVEM GUARDA, PERTENCENTE AO FÃ DE RENATO E SEUS BLUE CAPS, FÁBIO LIMA

“Setlist” dos Shows de Renato e Seus Blue Caps no Brasil.

E para fechar o ano em grande estilo, o que lhes apresento aqui é o esquema de um show de Renato e Seus Blue Caps. Basta clicar no link e assistir este show de Rock and Roll!

Renato Barros já explicou ao seu público nesta gravação que fizemos via Internet, como se deu a escolha das canções que a banda apresenta em seus shows pelo Brasil…

Muitas pessoas que ainda não tiveram oportunidade de estarem presentes em um Show de Renato e Seus Blue Caps gostariam de ter ideia de como é a apresentação da banda.
Desta forma, vou colocar abaixo o roteiro e alguns vídeos filmados por fãs, o que também poderá servir futuramente como documentário para os historiadores do Rock and Roll nacional. 😉

rsbc-para-o-blog

Abertura: Vinheta / A Primeira Lágrima

Pou pourri de Sucessos gravados pela Banda:

Como num sonho
Se você soubesse

.
Não te esquecerei


.

O meu primeiro amor
Até o Fim


.

Você não soube amar


.

Dona do meu coração


.


.

.

Apresentação da banda


.

Gatinha Manhosa


.


.

Hotel California


.
Ana
Playboy
Não volto mais

.

.

Cláudia


.

Garota Malvada


.

.
Renato faz homenagem a Charlie Chaplin

Smile

.

Momento Autoral (tocam algumas canções compostas por Renato Barros)

Devolva-me

A Pobreza

Não sabia que você existia


.
Você não serve pra mim

.

Homenagem aos colegas da Jovem Guarda

Festa de Arromba
O Pica pau
Pode vir quente
O Bom


.

Internacionais

Pretty Woman


.

Day Tripper

.

.
Era um garoto que como eu amava os Beatles e os Rolling Stones


.

Satisfaction

.

.
Parte Final – Grandes sucessos da banda

Feche os olhos


.

Não me diga adeus jamais

Meu bem não me quer
Menina Linda

Renato e Seus Blue Caps em Belo Horizonte: Registros

rsbc-em-bh

Vídeo 01

Vídeo 02

Vídeo 03

Vídeo 04

Vídeo 05

Vídeo 06

Vídeo 07

Vídeo 08

Vídeo 09

Vídeo 10

Vídeo 11

FOTOS

rsbc-em-bh-1

rsbc-em-bh-2

rsbc-em-bh-3

rsbc-em-bh-4

rsbc-em-bh-5

rsbc-em-bh-6

rsbc-em-bh-7

rsbc-em-bh-8

rsbc-em-bh-9

rsbc-em-bh-10

rsbc-em-bh-11

rsbc-em-bh-12

“Lucinha tem razão e nosso coração pulsa mais forte de emoção.
Bateu solidão e este poder de atração da arte é pura inspiração.
Que viagem voltar ao passado das lembranças e ver a rapaziada animada.
Era madrugada e este 11 de setembro de 2016 foi tão marcante.
A casa ficou lotada e a galera animada cantava as belas canções de Renato e seus Blues Caps.
Os cara brilharam em cima do palco e nos bastidores tiveram carinho com seu publico. Ele recebeu no Camarim os amigos e convidados e fica o recado: Renato Barros é merecedor de tudo que está acontecendo com ele, pois tem o poder de fazer as coisas acontecerem e convencer a todos que ele é filho da arte, da nobre arte.
Existiu uma geração que viu estes caras reproduzirem com fidelidade as belas versões das canções dos garotos de Liverpool.
Londres é logo ali na esquina do pensamento, e tudo é uma questão de momento.
Congelar o tempo, ah!.. precioso e preciso é o tempo, ele lembrou com carinho de Carlitos que é considerado o pai da sétima arte.
Uma gravação simples, mas serve como acervo para quem ama o nosso Renato Barros (e seus Blue Caps).”

Por Carlos Cunha, um poeta mineiro que esteve no show e fez a gentileza de me enviar todos estes registros! 😉

Muito grata a você, Carlos Cunha,

da fã número um de Renato e Seus Blue Caps,

Lucinha Zanetti
rsbc-na-camisa

14273331_1278419125504076_1307727329_o

14273352_1278419615504027_1108591391_o

14285069_1278419485504040_2102143583_o

14285169_1278418568837465_517149718_o

14285355_1278418915504097_2059834128_o

14285361_1278419245504064_105124435_o

14285617_1278417348837587_510684498_o

14303786_1278420122170643_261383139_o

14315544_1278420025503986_1215720489_o

14316062_1278419858837336_1688760377_o

PRÓXIMOS SHOWS

rsbc-em-londrina

rsbc-show-na-tijuca

Especial Jovem Guarda em Vídeos!

Em 17 de janeiro de 1968 Roberto Carlos se despediu do programa Jovem Guarda comandado por ele pela TV Record canal 7, que teve seu início em 22 de agosto de 1965.

Apesar do breve período de duração, o programa ficou para sempre eternizado no coração de quem viveu aquelas jovens tardes de domingo…

Para quem viveu aquela época e acompanhou tudo de perto e gosta de recordar aqueles belos dias, seguem alguns vídeos de um evento especial realizado entre alguns cantores que participaram da Jovem Guarda, como Bobby de Carlo, George Freedman, Waldireni, Nalva Aguiar, Deny, Leno, Renato e Seus Blue Caps, Wanderley Cardoso, The Jordans, Martinha, Demétrius, Os Caçulas, Marcos Roberto e Dori Edson.

A apresentação foi realizada no final do ano de 1995 para 1996, na fazenda de Sérgio Reis em Sorocaba, e levado ao ar em seu programa pela Rede Manchete de televisão.

“Foi em 1995/96 Programa do Sérgio Reis gravado direto de uma fazenda no interior de São Paulo em comemoração aos 30 anos da Jovem Guarda, registro antológico.” Disse-me Deny sobre este dia memorável.

The Jordans – Blue Starr

Bobby de Carlo – “Tijolinho”

Tutti Frutti – George Freedman

Doce de Coco / O Bom Rapaz – Wanderley Cardoso

Menina Linda / Feche os Olhos – Renato e Seus Blue Caps com Leno no baixo

Pobre Menina – Leno e Renato e Seus Blue Caps

Rítmo da Chuva (Demétrius) / Eu Daria a Minha Vida (Martinha)

“Vá embora daqui” / “Perto dos Olhos, Longe do Coração” – Marcos Roberto e Dori Edson

Os Caçulas – “A chuva que Cai”

“Coruja” – Deny e Sérgio Reis

“Roberta” / “Al-di-la” / “LA Bamba” – Ary Sanches

Ary Sanches, Deny e Bobby de Carlo

Ary Sanches, Deny e Bobby de Carlo

George Freedman

George Freedman