JOVEM GUARDA 50 anos O FILME – A SÉRIE

Vídeos publicados pelo Cineasta Sérgio Baldassarini em seu canal “Jovem Guarda 50 anos O filme – A Série”.

RENATO BARROS

RENATO BARROS – O início e as influências musicais.

Renato Barros – Músico, guitarrista, cantor, é o fundador da banda Renato e Seus Blue Caps.

Neste primeiro vídeo da entrevista, RENATO BARROS conta como desenvolveu seus gostos musicais conforme os costumes e ensinamentos recebidos de seus ecléticos pais.

RENATO BARROS – As primeiras apresentações no rádio.

RENATO BARROS – O convite para o Programa Jovem Guarda.

RENATO BARROS – Preferências Musicais .

RENATO BARROS – A História de “Menina Linda”.

RENATO BARROS – Bacaninhas do Rock da Piedade.

RENATO BARROS – O relacionamento com Lilian e as composições de sucesso.

RENATO BARROS – Meu irmão Ed Wilson.

RENATO BARROS – O segredo de mais de 50 anos de sucesso.

RENATO BARROS – Íntegra da entrevista para o filme JOVEM AOS 50

BOBBY DE CARLO

BOBBY DE CARLO – O início aos 15 anos de idade.
No começo desta entrevista, o querido Bobby de Carlo conta como, sem querer, se tornou um cantor aos 15 anos de idade, lançando 3 discos de 78 r.p.m., inclusive seu primeiro sucesso: “Oh! Eliana”!

BOBBY DE CARLO – EXPLODE “O TIJOLINHO” – Com o sucesso do programa Jovem Guarda, Bobby recebeu um convite para gravar uma música nova! Após bater na porta de várias gravadoras, conseguem lançar o disco que se tornaria um dos maiores sucessos da época:”O Tijolinho”!

bobby de carlo – A Jovem Guarda e a Cultura dos anos 60 – Bobby de Carlo conta que por causa do sucesso de “Tijolinho” foi contratado para participar de programas da TV Record, inclusive o Jovem Guarda, e ressalta a importância da cultura daquela época.

BOBBY DE CARLO – A carreira pós Jovem Guarda – Bobby de Carlo conta como continuou sua carreira após o término do programa Jovem Guarda, e relembra o “revival” do movimento após 30 anos de seu surgimento

BOBBY DE CARLO – Os incêndios criminosos e a intervenção militar – O músico relembra a época dos chamados anos de chumbo, onde vários incêndios aparentemente criminosos destruíram boa parte dos acervos das emissoras de TV da época.

BOBBY DE CARLO – Aventuras no Cinema – Bobby conta suas incursões na SÉTIMA ARTE como ator em dois longas dos anos 60.

BOBBY DE CARLO – A convivência com os demais Artistas – Bobby conta seu relacionamento com os demais artistas, tanto na época da Jovem Guarda como nos anos seguintes, e um curioso caso com um Jaguar de Roberto Carlos.

BOBBY DE CARLO – Experiências de uma longa carreira – Nesta parte final da entrevista, Bobby de Carlo conta de forma muito bem humorada algumas das “experiências” adquiridas em tantos anos de uma vitoriosa carreira!


.

ERASMO CARLOS

DESCOBRINDO O ROCK’N’ROLL – Nesta primeira parte da entrevista que Erasmo concedeu para o filme JOVEM AOS 50, ele conta como ainda garoto descobriu o Rock and Roll, e como isso iria mudar todo o resto da sua vida.

ERASMO CARLOS CONHECE ROBERTO CARLOS – Nesta parte da entrevista Ersasmo conta como um rapaz chamado Roberto Carlos foi até sua casa procurando a letra de uma música de Elvis Presley, o que iniciaria uma amizade para o resto da vida!

ERASMO CARLOS – SECRETÁRIO DE CARLOS IMPERIAL – Tentando entrar para a turma da TV, Erasmo acaba se tornando secretário do produtor Carlos Imperial, onde vai aprender várias funções no mundo do entretenimento.

ERASMO CARLOS – Nasce um compositor, e depois também um Cantor.
Erasmo conta que Carlos Imperial queria mantê-lo como produtor de seus programas, um homem “de trás das câmeras”, mas Erasmo sonhava em ser cantor, e lutou muito por isso!

ERASMO CARLOS – A MAGIA DO PROGRAMA JOVEM GUARDA – Erasmo conta como surgiu a ideia de se fazer um programa com jovens cantores que estavam fazendo muito sucesso, e como este programa se transformou num fenômeno de audiência!

ERASMO CARLOS – NINGUÉM ERA “ALIENADO” NA JOVEM GUARDA – Por mais que uma boa parte da classe artística se revoltasse contra a ditadura militar, isso nunca aconteceu por parte daqueles jovens garotos do “iê-iê-iê, o que os levou em alguns momentos a serem chamados de “alienados”!

ERASMO CARLOS – Histórias e “causos” da Jovem Guarda – Erasmo conta divertidas histórias dos bastidores do Programa Jovem Guarda e de sua vida como artista.

ERASMO CARLOS – FIM DO PROGRAMA JOVEM GUARDA – Erasmo conta como o programa foi entregue apenas a ele e a Wanderléa depois da saída de Roberto Carlos, e a tristeza em ver o fim daquelas jovens tardes de domingo.

ERASMO CARLOS – O SEGREDO DE 50 MANOS DE SUCESSO – Neste trecho da entrevista, Erasmo relembra sua carreira e reflete sobre as experiências de seu sucesso.

ERASMO CARLOS – A PARCERIA COM ROBERTO – Erasmo conta com carinho como uma amizade sincera acabou se tornando uma das maiores (se não a maior) parceria de compositores da música brasileira.


.

MAIS VÍDEOS NO CANAL DO YOUTUBE

https://www.youtube.com/channel/UC58G8XdwJalaXI8E-TfGLYQ/featured
.

Bobby de Carlo – Músico e cantor, foi um dos fundadores da banda The Jet Black’s.

.

 

RENATO BARROS FAZ ESCLARECIMENTO HISTÓRICO PARA O SEU PÚBLICO!

Conversando com RENATO BARROS hoje, 01/10/2018, disse a ele que dia desses fiz uma reportagem frisando bem que Renato e Seus Blue Caps não é uma banda da Jovem Guarda, mas sim dos anos 60, oriunda do Rock, e que foi convidada a participar do programa devido ao fato de “Menina Linda” estar no topo das paradas de sucesso, principalmente em São Paulo, mas que algumas pessoas me questionaram e eu tive a impressão de que para algumas dessas pessoas, é questão de honra, não sei se podemos dizer assim, que a banda seja designada como sendo da Jovem Guarda.
Diante disso, disse que gostaria que ele mesmo esclarecesse sobre esse “jargão”, e dissesse ao seu público como ele se sente com relação a isso.

Esta foi a publicação que eu havia feito e que gerou esta impressão:


.

Ouçam o que disse Renato!


.

Conforme citação de Renato, segue um vídeo da banda no momento autoral do Show em Fortaleza, realizado em 29 de setembro próximo passado, uma homenagem a Tom Jobim e Vinicius de Moraes com a música “Eu Sei que Vou te Amar”, momento da declaração de amor entre os casais presentes no Show, quando o marido canta para sua mulher, ou vice-versa, e ambos declaram seu amor um pelo outro.


.

GERALDO ALVES, PRIMEIRO EMPRESÁRIO DE ROBERTO CARLOS, CONTANDO SUAS MEMÓRIAS

Ao ler no Facebook um comentário de uma pessoa que contestava ter sido ele o primeiro empresário artístico de Roberto Carlos, Geraldo Alves houve por bem me enviar esta mensagem a qual publiquei neste vídeo a seguir…

.

FOTOS DO ACERVO DE GERALDO ALVES

Abelardo Barbosa e Carlos Aguiar

Batizado da filha dE Geraldo Alves, Deborah Cristina Pellisare Alves. Na foto aparecem o cantor Paulo Sérgio e Geraldo Alves.

Cantores da Jovem Guarda: Da esquerda pra direita estão Netinho, Ronald, Bobby de Carlo, Marcio, Joelma, George Freedman, Marcos Roberto e Ronnie Von; embaixo estão Jerry Adriani, Nenê, Manito e Mingo dos Incríveis.

Geraldo Alves concedendo entrevista por telefone durante jantar em comemoração aos 20 anos de sua carreira. Geraldo Alves, Roberto Carlos e o comunicador Carlos Aguiar. e amigos

Geraldo Alves e seu pai José Olímpio dos Santos com o comunicador Antonio Aguillar.

Cantor Paulo Sérgio com a cantora Nalva Aguiar.

Programa Clube dos Artistas – Jerry Adriani e Nalva Aguiar.

Roberto Carlos em um Show em Presidente Prudente/SP no ano de 1964. O baixista Bruno Pascoal aparece ao fundo. Detalhe: o palco era uma carroceria de caminhão.

 

TV Record 1971 Trofeu Chico Viola Wilson Simonal, Ângelo Máximo e Geraldo Alves.

A cantora Wanderléa no programa Jovem Guarda.

.
O SANFONEIRO GERALDO ALVES
.

JOVEM AOS 50 – A HISTORIA DE MEIO SÉCULO DA JOVEM GUARDA

O filme teve estreia em março de 2017 e depois de ter passado nos cinemas de São Paulo, foi exibido também em Porto Alegre e agora vai começar a passar também no Rio de Janeiro.

Ainda não há uma data para que entre em cartaz no Rio, mas provavelmente haverá um lançamento em pré-estreia na cidade, contando com as ilustres presenças de Renato e Seus Blue Caps, The Fevers, Paulo Silvino, Albert Pavão, The Golden Boys entre outros artistas.

Os canais Globosat disponibilizarão o filme a partir de 04 de julho, (terça-feira que vem) em pay-per-view nos canais NOW, Vivo Play e Oi Locadora.

FICHA TÉCNICA

Narração: MILTON GONÇALVES
Roteiro, Fotografia, Montagem,
Produção e Direção: SÉRGIO BALDASSARINI JUNIOR
Arranjos Instrumentais: BOBBY DE CARLO
Artistas entrevistados: Erasmo Carlos, Wanderléa, Renato e Seus Blue Caps, Sérgio Reis, Caetano Veloso, Ronnie Von, Martinha, Eduardo Araújo, Jerry Adriani, Wanderley Cardoso, Nilton Travesso, Paulo Silvino, Agnaldo Rayol, Carlos Gonzaga, George Freedman, Bobby de Carlo, Cyro Aguiar, Demetrius, Ed Carlos, Deny (da dupla Deny e Dino), Prini Lorez, Antonio Aguillar, Nilton Cesar, Aladdim (do grupo The Jordans), Ary Sanches, Miguel Vaccaro Netto, Lilian (da dupla Leno e Lilian), Dick Danello, Ronald (da dupla Os Vips), Trio Esperança, Moacir Franco, Netinho (dos Incríveis), Waldireni, Golden Boys, The Fevers, Paulo Silvino, Albert Pavão, Leno (da dupla Leno e Lilian), Ricardo Pugialli, Foguinho (baterista dos The Jordans), J.C. Marinho,
B.J. Mitchell (do grupo americano “The Platters”).

Rua Vanderlei, 1511 . Perdizes . São Paulo . SP . CEP: 05011-000
fones: (11) 3872 0632 – 3864 1605
sbj@sbjproducoes.com.br

A ENTREVISTA DE JERRY ADRIANI PARA O FILME JOVEM AOS 50 NA ÍNTEGRA!

Já publicamos aqui sobre o filme “Jovem aos 50 – A História de Meio Século da Jovem Guarda”, que teve sua estreia no Cine Belas Artes em 23 de março de 2017.

Pois bem, as entrevistas com os artistas foram editadas e tiveram cortes, e agora o cineasta Sérgio Baldassarini está disponibilizando na íntegra a entrevista que fez com Jerry Adriani para o documentário, para que as pessoas possam ter uma noção mais clara de quem na verdade era esse homem de nome artístico Jerry Adriani.

Os vídeos estão divididos nos seguintes temas:

– O INÍCIO DA CARREIRA COMO CANTOR DE MÚSICAS ITALIANAS

– AS PARTICIPAÇÕES NO PROGRAMA “JOVEM GUARDA” E DEMAIS PROGRAMAS DA ÉPOCA

– O ENCONTRO E PARCERIA PROFISSIONAL COM RAUL SEIXAS

– AS SEMELHANÇAS NAS VOZES DELE E DE RENATO RUSSO, DA LEGIÃO URBANA

– A SUA EXPERIÊNCIA COMO GALÃ DE CINEMA

– UMA MENSAGEM DOS SEUS 50 ANOS DE CARREIRA

O cantor Nilton César ajuda Jerry Adriani a tirar o casaco para entrar no palco em 22 de agosto de 2015, durante o Show dos 50 anos da Jovem Guarda no Clube Homs em São Paulo.

JERRY ADRIANI – Entrevista para o documentário JOVEM AOS 50

PARTE 1

O INÍCIO DA CARREIRA COMO CANTOR DE MÚSICAS ITALIANAS

PARTE 2

AS PARTICIPAÇÕES NO PROGRAMA “JOVEM GUARDA” E DEMAIS PROGRAMAS DA ÉPOCA

PARTE 3

O ENCONTRO E PARCERIA PROFISSIONAL COM RAUL SEIXAS

PARTE 4

AS SEMELHANÇAS NAS VOZES DELE E DE RENATO RUSSO, DA LEGIÃO URBANA

PARTE 5

A SUA EXPERIÊNCIA COMO GALÃ DE CINEMA

PARTE 6

UMA MENSAGEM DOS SEUS 50 ANOS DE CARREIRA

“Estas são passagens bem legais, que mostram o quanto esse cara era especial e carismático! Pena que não deu pra colocar tudo no filme. Mas acredito que com esses vídeos as pessoas poderão ter uma boa ideia do tamanho do coração desse grande artista chamado Jerry Adriani!”

Sergio Baldassarini Junior
Diretor de Produção
S.B.J. PRODUÇÕES

O filme “Jovem Aos 50 – A História de Meio Século da Jovem Guarda”, estreia em março!

“Jovem Aos 50 – A História de Meio Século da Jovem Guarda” é o título do filme produzido sem nenhum recurso financeiro por Sérgio Baldassarini, e que estreia em São Paulo no Cine Belas Artes, dia 23 de março próximo, daqui exatamente um mês!

Sérgio Baldassarini é proprietário da S.B.J. PRODUÇÕES, uma produtora de cinema e vídeo que realizou um documentário sobre os 50 anos da Jovem Guarda. Neste filme ele entrevistou mais de 45 artistas da época, e ele foi todo narrado pelo grande ator MILTON GONÇALVES.

É um filme que todo fã da Jovem Guarda não pode deixar de assistir.

Com participações e depoimentos de mais de 50 artistas que se destacaram nessa época, entre historiadores, empresários, apresentadores e – principalmente – cantores, o filme intercala depoimentos emocionados destes protagonistas, juntamente com imagens de programas e filmes da época, que sobreviveram aos vários incêndios criminosos que destruíram quase todo acervo da antiga TV Record.

voce-e-uma-brasa

Artistas entrevistados: Renato Barros, Erasmo Carlos, Wanderléa, Caetano Veloso, Ronnie Von, Martinha, Eduardo Araújo, Jerry Adriani, Wanderley Cardoso, Nilton Travesso, Paulo Silvino, Agnaldo Rayol, Carlos Gonzaga, George Freedman, Bobby de Carlo, Cyro Aguiar, Demetrius, Ed Carlos, Deny (da dupla Deny e Dino), Prini Lorez, Antonio Aguillar, Nilton Cesar, Aladdim (do grupo The Jordans), Ary Sanches, Miguel Vaccaro Netto, Lilian (da dupla Leno e Lilian), Dick Danello, Ronald (da dupla Os Vips), Trio Esperança, Moacir Franco, Netinho (dos Incríveis), Waldireni, Golden Boys, The Fevers, Paulo Silvino, Albert Pavão, Leno (da dupla Leno e Lilian), Ricardo Pugialli, Foguinho (baterista dos The Jordans), J.C. Marinho,
B.J. Mitchell (do grupo americano “The Platters”).

“Surgem os Blue Caps de Renato” (Almanaque da Jovem Guarda, de Ricardo Pugialli)

RENATO BARROS volta ao programa de Jair de Taumaturgo. O grupo quer concorrer à categoria “rock ao vivo”, mas as vaias do ano passado ainda não tinham sido esquecidas. Meio receoso, Jair pergunta a Renato qual é o nome do grupo, pois Bacaninhas era muito ruim. Como Renato não tinha nada em mente, o apresentador perguntou seu nome e sugeriu Renato e Seus Blue Caps, em alusão ao Blue Caps, grupo que acompanhava o astro do Rock americano Gene Vincent. Todos concordaram com o nome, pois não acreditavam que poderiam vencer.
Ensaiaram Be-Bop-A-Lula, de Gene Vincent, mas com o arranjo dos Everly Brothers, com duas vozes.
Foi a “maior” novidade, pois nenhum grupo cantava assim no Brasil. Um sucesso. Na segunda-feira sai o resultado e eles são os vencedores da semana. Concorrem então com os campeões semanais e o impossível acontece: eles são os vencedores do mês. Como prêmio, vão ao Programa do Chacrinha, na TV Tupi, Rio.”

Por Ricardo Pugialli

rsbc-1959-editar

rsbc-1959

“RENATO COM A DEL VECCHIO, EUCLÍDES COM VIOLÃO ELÉTRICO E EU AOS 13 ANOS DE IDADE COM O MEU PRIMEIRO BAIXO ACÚSTICO. OBS: DE ÓCULOS ” RONALDO ” MODA LANÇADA POR UM DOS ASSASSINOS DE AIDA CURI, EM 1958.” (Informação de Paulo César Barros)

rsbc-chegando

rsbc-columbia

rsbc-1963-revista-fabio-lima

1963

rsbc-convocacao-para-o-jg

renato-e-seus-blue-caps-revista-do-radio-postado-por-a-pavao

renato-e-seus-blue-caps-1965

renato-e-seus-blue-caps-de-1965-a-1967

rsbc-enviada-por-sergio

.
FOTOS DO ALMANAQUE DA JOVEM GUARDA, PERTENCENTE AO FÃ DE RENATO E SEUS BLUE CAPS, FÁBIO LIMA